Postagens

Mostrando postagens de Maio, 2017

Os sentidos da qualificação de mestrado

Imagem
Quando se inicia o Mestrado são tantos livros para decifrar, que dá vontade de balbuciar: Como eu faço para entender tudo isso? Não é apenas entender. O que realmente importa é conseguir perceber em uma teoria seu diferencial. Quais as lacunas. Quais as fraquezas do autor. Os pontos obscuros. Qual o valor do interdito e o silêncio como constitutivos e fundadores do discurso.             A qualificação é o melhor acontecimento do Mestrado. Momento em que você expõe para uma banca de Doutores o resultado de sua prática intelectual. O esboço do que será sua dissertação. Ouvir as contribuições que cada Doutor dará ao seu trabalho, perceber o quanto se sabe pouco, sentir a fragilidade de seu texto e observar a longa caminhada que se tem pela frente são sensações imponderáveis.



POESIA: Minha mãe

Imagem
Oito filhos, nenhuma reclamação

Um marido, aos 15 anos

Oito filhos, a cada ano um diferente choro

Uma exigência

Uma necessidade
Oito filhos, apenas uma mãe
Autora: Elizabeth Venâncio

DEFINIR COMO RECEPCIONAMOS DEUS

Imagem
Ranoika terminou de ler a matéria acerca de um juiz que em sentença definiu que religião é somente aquilo que contém um texto base, um Deus a ser venerado e uma estrutura hierárquica. Seu sangue ferveu nas veias, o coração acelerou e não se conteve, escreveu mais um comentário na internet, como se aquilo fosse fazer alguma diferença. Depois que apertou o botão de enviar ficou com os olhos fixos na tela, pensando em quantas pessoas naquele exato instante também escreveu alguma coisa. Tantas emissões, mas quem seria o receptor? Com certeza o juiz nunca saberia que para ela religião transcendia as convenções, fazia parte do que de mais íntimo existe, a percepção individual de mundo.  Definir como recepcionamos Deus significa tropeçar na questão: De que forma o ser humano percebe o mundo? Um tema debatido por séculos e com algumas conclusões divergentes.    Ranoika se lembrou de uma teoria formulada pelo biólogo chileno Humberto Maturana e pelo médico chileno Francisco Varela, que pode ser…

OPORTUNIDADE DE ESTÁGIO - MINISTÉRIO DO TRABALHO

Imagem

Jardim D'alma

Imagem
Olho pela janela de minha alma Meu coração reverbera Olho o mar a minha frente Todos os dias Todas as horas Olho as borboletas e as cores intensas do dia A beleza é uma dádiva de tão avassaladora Que para ser vivida não precisa ser vista Mas, se vista todos os dias torna-se o jardim d’alma 




Autora: Elizabeth Venâncio

O perito Ricardo Molina X Michel Temer

Imagem
Na última Segunda-feira (22) o perito Ricardo Molina contratado pela defesa do Presidente Michel Temer para verificar a gravação em que o empresário Joesley Batista, da JBS e o peemedebista tiveram um diálogo, no dia 7 de março, afirmou que a gravação é “imprestável”. Para nós, míseros cidadãos, resta questionar: Não haveria outro perito no Brasil capaz de defender o nosso presidente?
Vale lembrar que Molina esteve envolvido em muitas situações ETICAMENTE questionáveis, apesar das suas conclusões validadas por um doutorado. Muitas críticas foram feitas, inclusive por professores universitários da Unicamp, onde Molina atua.Ficou famoso o seu laudo da morte de PC Farias e sua namorada ea agressão ao candidato à presidência José Serra, supostamente por militantes do PT (Partido dos Trabalhadores), em confusão durante uma passeata na cidade de Rio de Janeiro na campanha eleitoral do segundo turno. Após sua análise de filmagens do evento, a pedido da TV Globo, declarou que outro objeto &quo…

POESIA - Risos da continuidade... Hábitos de vermes

Imagem
Sou da cidade de Goiânia, mas poderia ser de qualquer parte do mundo, nenhuma diferença, quando se trata de ouvir piadas contra: Negro Mulher Gay Etc.
Tantas piadas a nos lembrar que somos: Racistas Homofóbicos Violentos
Tantas piadas a fazer rir Nenhuma para refletir: que relações destorcidas são essas? Risos da continuidade... Hábitos de vermes 
Elizabeth Venâncio Autora

A racionalidade humana nos tornam idiotas imponderáveis

Imagem
   A rua parecia diferente, cores azuladas cintilando. A calçada molhada e o irritante caminhar das mulheres em seus saltos altos. Eugênio nunca apreciou o som  dos saltos. Mas, no fundo gostava da altivez que o salto proporcionava, era bonito de se vê, a forma doce como as pernas se alongam, suspirou.     A noite já ia longe, porém não sentia vontade de ir para casa. Seus pensamentos se tornaram compulsivos, se repetindo como o bater do relógio:  tic TAC tic TAC tic TAC tic TAC tic TAC tic TAC tic TAC, até que de repente só restasse o desespero.     A cidade inteira o recriminava. Estava nos jornais, na televisão, no rádio, nos comentários de internet... a palavra para descrevê-lo era intolerante. Um juiz intolerante. Pensou com ironia e uma certa amargura “eu represento o Estado, sou um agente político, logo a minha decisão é de todos. Todos são intolerantes".     Tinha consciência que um pensamento não se forma por si só. Se  foi capaz de pensar, então os elementos de seu pensa…