domingo, 28 de junho de 2015

“Por que nunca perguntei ao meu irmão o motivo dele se drogar.”


Uma longa rua.

Calçada de pedra portuguesa, com desenhos tortuosos.

Muitas árvores.

Todas em fila, altivas, atrevidas, arrogantes, como a bater continência.

O sol gostoso acariciando a pele.

Pequenas pancadas de prazer.

Davi sente-se envolvido pela vida.

Então um pensamento:

“Por que nunca perguntei ao meu irmão o motivo dele se drogar.”

Será que teria ajudado?

Será que a vida ainda pulsaria nele? 


                                              (Elizabeth Venâncio)

sábado, 13 de junho de 2015

Sinistra é a velhice!


Sinistra é a velhice!

Por nos permitir ler tantos livros.

Amaldiçoado sejam os livros!

Por esmagar momentos, épocas, séculos...

Funesto é o tempo!

Por nos apequenar diante da vida.

Desvelando tantas mazelas e tantos encantos.

As mesmas mazelas.

Circo e pão em Roma no século I d.C.

Circo e pão em Goiânia no século XXI 

Os mesmos encantos.

O infinito do céu sempre azul.

Quisera ser um coelho!

Talvez um pato, mas humano, aí de mim!   
Aí de mim!
Aí de mim!
Aí de mim!
Aí de mim!
(Autora: Elizabeth Venâncio)
                                                                      




quinta-feira, 11 de junho de 2015

SRTE de Goiás Promove Ação Global Pela Educação – Contra o Trabalho Infantil



            A Superintendência Regional do Trabalho e Emprego em Goiás (SRTE/GO), que coordena o Fórum Estadual de Prevenção e Erradicação do Trabalho Infantil em Goiás (FEPETIGO), promove Ação Global “Pela Educação – Contra o Trabalho Infantil”, no dia 13 de junho de 2015, às 08h30min., na Rua CM 9 com CM 8, Setor Cândida de Morais, Goiânia-GO.
            Serão oferecidos à população os serviços de cadastro no programa bolsa família, orientações sobre o trabalho de adolescente e jovens, serviços de saúde, como vacinação contra gripe e HPV, medição de pressão arterial e diabetes, entretenimentos esportivos para as crianças, teatro, jogos, brincadeiras e apresentações culturais elaboradas pelos jovens das escolas municipais convidadas.
            Na oportunidade, ocorrerá a adesão da Prefeitura Municipal de Goiânia ao FEPETIGO, bem como a doação de cadernos aos alunos da rede municipal de ensino, como forma de marcar a Educação como estratégia de enfrentamento ao Trabalho Infantil.
            No Brasil, o dia 12 de junho foi instituído como Dia Nacional de Combate ao Trabalho Infantil pela Lei Nº 11.542/2007, daí a promoção desse evento para sensibilizar a população acerca do tema: Trabalho Infantil.
            Segundo o Superintendente Regional do Trabalho e Emprego em Goiás, Arquivaldo Bites, existe uma resistência cultural da sociedade goiana, que não vê no trabalho infantil danos à infância e à juventude, bem como à comunidade.
             O trabalho infantil, combatido pela SRTE/GO, refere-se às atividades econômicas com finalidade de lucro, realizadas por crianças ou adolescentes em idade inferior a 16 (dezesseis) anos, levando a criança e o adolescente a perda de direitos básicos, como educação, lazer e esporte. Há previsão legal que permite ao adolescente trabalhar na condição de aprendiz, a partir dos 14 (quatorze) anos.
            As crianças e adolescentes que trabalham de forma irregular costumam apresentar sérios problemas de saúde físicos e psicológicos, como fadiga excessiva, distúrbios do sono, irritabilidade, alergias e problemas respiratórios. No caso de trabalhos que exigem esforço físico extremo, como carregar objetos pesados ou adotar posições antiergonômicas, podem prejudicar o seu crescimento, ocasionando lesões na coluna e produzindo deformidades.
            “O problema é preocupante, por isso foi constituído em 2013 o Fórum Estadual de Prevenção e Erradicação do Trabalho Infantil em Goiás (FEPETIGO), com a união de diversas instituições visando melhorar as ações de conscientização e combate ao trabalho infantil.”, disse Katleem Lima, auditora fiscal do trabalho e coordenadora do FEPETIGO.

Dados

A SRTE/GO, por meio da Auditoria Fiscal do Trabalho, fiscalizou entre os anos de 2011 a abril de 2015 mais de 1300 estabelecimentos com irregularidades relacionadas à presença de trabalho infantil no estado de Goiás, sendo emitidos 1726 autos de infração por manterem 1556 crianças e adolescentes trabalhando de forma irregular.

SERVIÇO
Data: 13 de junho de 2015
Horário: 8h30min.
Endereço: Rua CM 9 com CM 8, Setor Cândida de Morais – Goiânia-GO.


Jornalista Elizabeth Venâncio