Na penumbra de minha estupidez

Almejo os teus olhos!


Na penumbra de minha estupidez.

O que eles dizem?

Jugula minha insegurança.

Doutrina minha alma!

Pois, nunca conheci de mim.

Só sei o que me dizem.

Ou pressinto nos teus olhos

Quisera compreender o eco da caverna, para chocar a solidão de minha ignorância.

Sem ti. Não sou!

Anseio escrever, mas porquê!

Se são teus olhos!

Postagens mais visitadas deste blog

#todoscontraPEC241

Avaliação: O acontecimento da Greve Geral

Dica de leitura: MORAES, Ângela; SIGNATES, Luiz(ORG.) Cidadania comunicacional: teoria, epistemologia e pesquisa, Goiânia: Gráfica UFG, 2016.