sábado, 17 de setembro de 2016

Para que compreender a morte?

Resultado de imagem para buraco negro

Sinto a angústia da finitude
Nenhuma dualidade corpo/alma me consola
Sinto um aperto no peito
Nenhuma lágrima será capaz de amenizar o imponderável
Sinto a respiração suspensa
Nenhuma espera dura tanto

xxxxxxxxxxxxxx

Que sentido faz observar nossos entes queridos morrendo? 
Compreender que jamais poderemos revê-los. 
Seria melhor ser como as plantas.
As flores que crescem sem a preocupação com a eternidade. 
Para que ser eterno? 
Talvez, para tentar compreender o outro e a nós mesmos.
Porém, é tão difícil  viver bem com qualquer pessoa. 
Pois, todo ser humano é um universo insondável, misterioso e fluído, assim, mesmo que eu  envelheça mil anos tentando entender o outro, o diferente de mim, confesso que não sou capaz.  Minha inteligência é mediana.
 Apesar de ser teimosa como uma mula.
Meus esforços de compreensão de como se dão as relações entre as pessoas parece infrutiferamente vazias.  
Nada sei e mesmo que soubesse de nada adiantaria, pois o buraco negro nos suga a todos. 

Elizabeth Venâncio