O silêncio

Minha percepção acovarda-se diante do árduo trabalho de separar para compreender, pois como dizia o filósofo Descartes  “Dividir a dificuldade em tantas partes quantas necessárias para melhor as resolver”. Sei que este método é bom, mas minha alma é rude, estabanada, atordoada diante das vozes que escuto e tenho que compreender e escolher qual dentre elas assemelha-se  a verdade.
Viver em sociedade é escutar vozes, muitas vezes insanas e barulhetas.

Postagens mais visitadas deste blog

Paradigma Funcionalista Pragmático - Escola de Chicago

Entrevista com Muniz Sodré no II Seminário Internacional de Pesquisas em Midiatização e Processos Socias